O que é black hat e como evitá-lo?

Por TNB.studio | 19/03/2021 | Marketing Digital
O que é black hat e como evitá-lo?

O ranqueamento de páginas nos mecanismos de busca é determinante para ter conteúdos relevantes na web. No entanto, esse ranqueamento deve vir organicamente, e não por meio de black hat SEO.

O black hat consiste em práticas de SEO que buscam burlar o algoritmo ao publicar conteúdos que não trazem as informações prometidas.

Sendo assim, o post de blog usa uma série de palavras-chave populares, por exemplo, mas o conteúdo não é útil para o público.

Uma estratégia de marketing de conteúdo deve ser honesta e transparente com seus leitores.

Usar estratégias de black hat apenas para conseguir um bom ranqueamento não garante audiência a longo prazo, além de ser penalizado pelos mecanismos de busca.

A curto prazo, o único objetivo de páginas que fazem uso de black hat é apenas chegar ao topo dos resultados. Não há uma estratégia de marketing forte atrás disso, apenas desonestidade e pressa por resultados.

Origem do nome

O nome black hat faz referência aos vilões dos antigos filmes de faroeste em preto e branco. Eles eram identificados pela cor preta do chapéu.

Seguindo essa mesma lógica, também existem o grey hat e o white hat.

O white hat SEO é aquele que segue as regras de otimização de páginas do Google. Isso inclui produzir conteúdo realmente relevante visando a melhor experiência possível para os usuários.

O grey hat SEO é o meio termo entre o white hat e o black hat. A estratégia leva em conta as diretrizes do Google no geral, mas lança mão do black hat SEO em certos contextos.

Práticas de black hat

Existem uma série de práticas de black hat que devem ser evitadas a todo custo, pois prejudicam estratégias de inbound marketing e danificam a reputação da empresa.

São elas:

  • Excesso de palavras-chave;
  • Camuflagem de conteúdo;
  • Redirecionamento automático;
  • Conteúdo irrelevante;
  • Compra de links;
  • Spam;
  • Dados estruturados inadequadamente.

Leia mais sobre cada uma nos tópicos a seguir:

Excesso de palavras-chave

As palavras-chave são a base de uma estratégia de marketing digital. É a partir delas que os usuários entram em contato com seu conteúdo e consequentemente com sua marca.

No entanto, as palavras-chave devem ser usadas com coerência e cautela para garantir uma boa leitura. Se elas são usadas apenas para conquistar um ranqueamento expressivo, isso é um tipo de black hat.

Camuflagem de conteúdo

A camuflagem de conteúdo é feita a partir da configuração de uma parte da página para ser mostrada aos visitantes do site e outra parte da mesma página para ser mostrada aos algoritmos do Google.

Esse tipo de prática visa somente atrair tráfego e evitar que os algoritmos dos mecanismos de busca barrem a página.

Empresas que apostam nessa ação demonstram falta de confiança no próprio planejamento de marketing.

Afinal, quem trabalha em uma estratégia consistente não precisa apelar para práticas enganosas.

Redirecionamento automático

O redirecionamento automático acontece quando um clique leva o usuário a um site totalmente diferente daquele em que ele entrou.

É possível utilizar uma URL com autoridade para redirecionar as pessoas a uma URL sem conteúdo relevante, por exemplo.

Essa prática manipula o usuário, pois faz ele acreditar que está acessando um site com boa reputação quando, na verdade, está clicando em um site suspeito sem seu conhecimento.

Conteúdo irrelevante

Produzir conteúdo “escondendo” as palavras-chave é uma forma muito comum de melhorar o ranqueamento de páginas que não trazem qualquer informação relevante para os usuários.

Nenhuma estratégia escusa substitui conteúdos originais e relevantes. Investir em uma equipe de redatores qualificados para seu site é a forma mais eficaz e correta de aumentar a popularidade da sua marca na web.

Compra de links

O Google proíbe que webmasters comprem ou vendam links para melhorar o posicionamento da página no mecanismo de busca.

O ideal é investir em anúncios pagos em redes sociais, como o Twitter Ads, e propor parcerias com outros sites. Dessa forma a exposição da sua página será orgânica e mais benéfica.

Spam

Fazer comentários com o link do seu site em outros sites ou blogs era prática comum há alguns anos. No entanto, atualmente isso é considerado um tipo de black hat porque consiste em spam.

Para evitar essa prática, invista em parcerias e em outros tipos de divulgação.

Dados estruturados inadequadamente

Dados estruturados podem ser as etapas de uma lista passo a passo ou uma série de conceitos explicados ao longo do texto.
Caso o site ou blog estruture dados com essa formatação sem explicar mais detalhadamente o conteúdo, é considerado black hat.

Matérias Relacionadas

Marketing digital B2B

01/04/2021

Marketing digital B2B

Marketing digital B2C

29/03/2021

Marketing digital B2C

Google Analytics 4 (GA4): saiba o que é e quais as principais mudanças

29/01/2021

Google Analytics 4 (GA4): saiba o que é e quais as principais mudanças

Sobre a TNB.studio

Somos uma agência de performance digital que alia planejamento, design, conteúdo e tecnologia.

Nosso foco são projetos (anuais +), com profundidade e atendimento integral das necessidades de marketing das empresas. Por conta disso, atendemos um número limitado de projetos.

  • • Consultoria e Mapeamento de Processos;

  • • Imersão;

  • • Projetos Customizados.

Assine nossa newsletter

Acompanhe as novidades sobre performance digital, desenvolvimento e design.

Tudo certo!
Por favor, informe o seu Nome.
Tudo certo!
Por favor, informe um endereço de e-mail válido.

Ao assinar nossa newsletter, você concorda a Política de Privacidade da TNB.studio

Tudo certo!
É necessário concordar com o termo.

♥ Nós cuidamos dos seus dados. Conheça nossa Política de Privacidade