O pôster da cerveja japonesa Asahi e a influência do Ocidente

Por TNB.studio | 17/02/2021 | Design
O pôster da cerveja japonesa Asahi e a influência do Ocidente

O pôster do designer japonês Kazumasa Nagai foi encomendado para comemorar o sucesso da cerveja Asahi, especialmente após a venda de 300 milhões de garrafas, em 1964, conforme descrito na legenda do anúncio.

Em uma visão panorâmica, a imagem do pôster traz a garrafa da cerveja Asahi na frente de milhares de tampinhas, semelhante a um pavão exibindo sua cauda.

As tampinhas levam o símbolo do sol nascente presente na bandeira imperial usada durante a Segunda Guerra Mundial, remetendo, portanto, à outra imagem — um comandante liderando um batalhão de soldados.

Fonte: The Phaidon Archive of Graphic Design 1037

O pôster de Nagai traz a história de apropriação japonesa de muitos aspectos da cultura ocidental.

As bebidas alcoólicas ocidentais, como cerveja e uísque, chegaram ao Japão no século XIX (durante a Era Meiji), mas ganharam maior popularidade após a guerra.

O aumento nas vendas de cerveja fez com que a Asahi reformulasse sua cerveja como uma bebida original japonesa, estampando nas tampinhas o logo do sol nascente desenhado pelo designer Walter Landor.

Com a popularidade da cerveja crescendo durante as décadas de 1960 e 70, as vendas do tradicional saquê japonês despencaram, levando os produtores a reformularem o produto como uma bebida jovem e moderna — valores que traduziam o Ocidente.

Dessa forma, o pôster de Nagai resultou em um complexo processo que transformou a cerveja em uma bebida original japonesa e o saquê em uma bebida ocidental, além de ser um emblemático exemplo da adoção do estilo ocidental de publicidade por empresas japonesas como ferramenta para reformular a imagem das marcas e representar a competição entre o saquê e a cerveja.

Em uma análise mais profunda, o pôster representa a luta entre a tradição japonesa e a cultura ocidental em um Japão pós-guerra, uma tensão que está representada na seguinte legenda do anúncio: “Bebendo no meu ritmo”.

O trecho “meu ritmo” está escrito no silabário katagana utilizado para palavras estrangeiras, se referindo, portanto, ao Ocidente, bem como ao crescente conceito de individualidade na cultura japonesa de consumo.

O designer Kazumasa Nagai

Formado em escultura pela Universidade de Tóquio, Kazumasa Nagai trabalhou como designer gráfico na Companhia Daiwa Spinning e, durante as décadas de 1970 e 80, foi presidente do Centro de Design Nippon.

Matérias Relacionadas

A simplicidade do trabalho de Lucian Bernhard

17/08/2021

A simplicidade do trabalho de Lucian Bernhard

A inovação da revista Dot Dot Dot no design gráfico

28/07/2021

A inovação da revista Dot Dot Dot no design gráfico

Het boek van: o livro do Serviço Postal holandês

13/07/2021

Het boek van: o livro do Serviço Postal holandês

Sobre a TNB.studio

Somos uma agência de performance digital que alia planejamento, design, conteúdo e tecnologia.

Nosso foco são projetos (anuais +), com profundidade e atendimento integral das necessidades de marketing das empresas. Por conta disso, atendemos um número limitado de projetos.

  • • Consultoria e Mapeamento de Processos;

  • • Imersão;

  • • Projetos Customizados.

Assine nossa newsletter

Acompanhe as novidades sobre performance digital, desenvolvimento e design.

Tudo certo!
Por favor, informe o seu Nome.
Tudo certo!
Por favor, informe um endereço de e-mail válido.

Ao assinar nossa newsletter, você concorda a Política de Privacidade da TNB.studio

Tudo certo!
É necessário concordar com o termo.

♥ Nós cuidamos dos seus dados. Conheça nossa Política de Privacidade